Publicado em 25/03/2006 17:51

A água como terapêutica

Como nesta semana passada, comemorou-se o Dia Mundial da Água (22.03.06), ao invés de começar a falar especifi

Como nesta semana passada, comemorou-se o Dia Mundial da Água (22.03.06), ao invés de começar a falar especificamente sobre as áreas de atuação da Fisioterapia, é com muita dedicação que prefiro estar relatando sobre a grande importância da água como técnica de fisioterapia.
A água pode ser empregada de duas formas como medida terapêutica, ou seja, pelo calor ou pelo frio. O calor em termos técnicos é chamado de termoterapia e o frio, de crioterapia.


Apesar de o recurso físico natural ser único, as suas alterações de temperatura causam efeitos terapêuticos diferenciados, ou seja, a aplicação direta do calor sobre a pele tem pouca penetração (1 cm), porém diminui dor, espasmo muscular, relaxa a musculatura, aumenta temperatura corporal, o metabolismo celular e a drenagem venosa e linfática. Já o frio, possui um efeito mais duradouro e mais profundo, sendo um excelente analgésico e antiinflamatório, devido ao efeito vasoconstritivo e por diminuir a taxa metabólica e edema.


Enfim, então quando usar o calor e quando usar o frio? O calor deve ser usado especificamente em casos subagudos e crônicos de uma lesão, como contraturas, hematomas, dores subaguda ou crônica, limitação na amplitude de algum movimento, contraturas articulares e espasmo muscular subagudo ou crônico. Agora o frio deve ser aplicado em casos agudos de uma lesão como traumatismo, inflamação ou dor aguda, edema ou dor pós-cirúrgica e espasmo muscular agudo.
Porém, também existem contra-indicações sobre a aplicação de ambas as modalidades será pele anestesiada, circulação insuficiente, ferimentos abertos ou intolerância ao calor ou gelo.
Portanto, diante de tanta atuação da água na saúde do ser, podemos perceber que ela não é só importante pra se manter uma boa hidratação do organismo, sendo também um excelente recurso terapêutico no tratamento de patologias e traumas, ou também para evitar que estas se evoluem.
Então a água é um elemento essencial à vida, porém é um recurso limitado mesmo que isso pareça ser inacreditável, já que existe tanta água no planeta. Mas, vamos colaborar, não vamos desperdiçar, pois ela é como a saúde ou a liberdade: só tem valor quando acaba! Até o ouro que tem muito valor e pouca utilidade, se comparado à água, que é a coisa mais útil do mundo e não lhes dão valor algum!

PLANETA ÁGUA

ÁGUA QUE NASCE NA FONTE SERENA DO MUNDO
E QUE ABRE UM PROFUNDO GROTÃO,
ÁGUA QUE FAZ INOCENTE RIACHO
E DESÁGUA NA CORRENTE DO RIBEIRÃO;
ÁGUAS ESCURAS DOS RIOS
QUE LEVAM A FERTILIDADE AO SERTÃO;
ÁGUAS QUE BANHAM ALDEIAS
E MATAM A SEDE DA POPULAÇÃO,
ÁGUAS QUE CAEM DAS PEDRAS
NO VÉU DAS CASCATAS,
RONCO DE TROVÃO,
E, DEPOIS, DORMEM TRANQÜILAS,
NO LEITO DOS LAGOS,
ÁGUA DOS IGARAPÉS
ONDE IARA, MÃE DÁGUA,
É MISTERIOSA CANÇÃO,
ÁGUAS QUE O SOL EVAPORA
PRO CÉU VAI EMBORA
VIRAR NUVENS DE ALGODÃO,
GOTAS DE AGUADA CHUVA
ALEGRE ARCO-ÍRIS SOBRE A PLANTAÇÃO,
GOTAS DE ÁGUA DA CHUVA,
TÃO TRISTES, SÃO LÁGRIMAS NA INUNDAÇÃO,
ÁGUAS QUE MOVEM MOINHOS
SÃO AS MESMAS ÁGUAS QUE ENXÁGUAM O CHÃO
E SEMPRE VOLTAM HUMILDES
PRO FUNDO DA TERRA
TERRA!!!  PLANETA ÁGUA!
TERRA!!!  PLANETA ÁGUA!
TERRA!!!  PLANETA ÁGUA!

Letícia Martins

Letícia Martins

Graduada em Fisioterapia pela UCG e Especialista em Saúde da Mulher pelo CEAF/UCG. Mestranda em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília.
Fisioterapeuta do Hospital Ortopédico de Goiânia (HOG) com atuação em Ortopedia e Respiratória. Fisioterapeuta de março a junho de 2008 no Hospital Universitário de Brasília (HuB) no tratamento de pacientes portadores de Hanseníase. Artigo Publicado na Revista Fisio&terapia e na Revista digital Efdeportes: Atuação da Cinesioterapia no fortalecimento muscular do assoalho pélvico feminino: revisão bibliográfica.

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)