Publicado em 22/05/2008 09:52

Corpus Christi

Verdadeiramente carne, verdadeiramente sangue. Se ainda não acredita, é hora de reflexão.

Jesus, pois, lhes disse: Em verdade, em verdade vos digo que, se não comerdes a carne do Filho do homem, e não beberdes o seu sangue, não tereis vida em vós mesmos. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Porque a minha carne verdadeiramente é comida, e o meu sangue verdadeiramente é bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim, quem de mim se alimenta, também viverá por mim. Este é o pão que desceu do céu; não é o caso de vossos pais, que comeram o maná e morreram; quem comer este pão viverá para sempre.

(Jo 6, 53-58)

O feriado de Corpus Christi foi instituído durante o papado de Urbano IV através da Bula Transiturus, em 11 de agosto de 1264, com o intuito de celebrar a presença real de Jesus na eucaristia. Tal festa deveria ser celebrada todos os anos, em todas as igrejas católicas, na primeira quinta-feira após o domingo da festa dedicada à Santíssima Trindade, que ocorre no primeiro domingo após o domingo de Pentecostes.

Indubitavelmente, esse é um dos dogmas mais importantes da Igreja Catolica: a fé de que ao ser consagrada pelo padre, a hóstia passa pelo processo de transubstanciação e se torna, verdadeiramente, carne e sangue de Jesus.

Humanamente falando, é um absurdo acreditar que aquele pedaço de pão e aquele pouquinho de vinho são, na verdade, carne e sangue humanos. Quanto a isso, já nos prevenia o apóstolo Paulo, em sua primeira carta aos Coríntios, que a sabedoria humana se opõe à sabedoria de Deus, pois o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, pois para ele são loucuras (I Cor 2,14).

É necessário enxergarmos com os olhos da fé. Através dessa ótica, ao comungarmos, estamos cumprindo o que Jesus falava sobre comer sua carne e beber o seu sangue e compreendemos toda magnitude do momento em que o padre consagra pão e vinho, e oferece carne e sangue para o banquete da alma.

Inúmeros milagres já foram relatados sobre a presença real de Jesus na eucaristia. O mais impressionante deles é o acontecido na cidade de Lanciano, na Itália.

No século VIII, ao consagrar pão e vinho, um monge que vivia profundos conflitos em seu interior em relação à transubstanciação da hóstia em carne e do vinho em sangue, presencia aquele que é considerado como o maior milagre eucarístico que se tem notícia: diante de seus olhos, a hóstia se transforma em carne e o vinho em sangue.

Estes se conservaram de forma extraordinária ao longo de treze séculos e no início dos anos 70, com autorização do Vaticano, inúmeros exames foram realizados com as relíquias e é surpreendente o resultado que foi divulgado através de inúmeras revistas científicas da época:

A Carne é verdadeiramente carne. O Sangue é verdadeiro sangue. Um e outro são carne e sangue humanos. A carne e o sangue são do mesmo grupo sangüíneo (AB). A carne e o sangue são de uma pessoa VIVA. O diagrama deste sangue corresponde a de um sangue humano que tenha sido retirado de um corpo humano NAQUELE DIA MESMO. A Carne é constituída de tecido muscular do CORAÇÃO (miocárdio). A conservação destas relíquias, deixadas em estado natural durante séculos e expostas à ação de agentes físicos, atmosféricos e biológicos, permanece um fenômeno extraordinário.

Realmente, para aqueles que se mantêm céticos, é algo para ser refletido. E é justamente esse convite que quero fazer a você, leitor, nesse feriado, retomando seu original objetivo de celebrar a presença Real de Jesus no meio de nós.

PARA SABER MAIS (links)

Sobre a instituiçao do feriado de Corpus Christi
Sobre o milagre de Lanciano

OUTROS MILAGRES EUCARÍSTICOS (links)

O milagre eucarístico de Casia: um sacerdote da cidade de Lamada sai apressadamente para ministrar os últimos sacramentos de um agricultor e coloca a Hóstia entre as folhas de um livro. Ao abrir o livro, as páginas estavam manchadas de sangue.

O milagre eucarístico de Hasselt: Um padre sai para ministrar os últimos sacramentos de um fiel. Enquanto conversava com a família, a Hóstia ficou sobre uma mesa. Uma pessoa que estava em pecado veio, a tocou e a mesma começou a sangrar.

O milagre eucarístico de Daroca: na época das lutas entre mouros e cristãos na península ibérica, um padre está fazendo a consagração da Hóstia numa missa para guerreiros cristãos, quando o lugar em que se encontram é surpreendido por um ataque. As Hóstias são guardadas sobre um pano e quando vão pegá-las novamente, após uma vitória cristã, o pano se encontra ensangüentado.

O milagre eucarístico de Santarém: uma mulher já cansada dos sofrimentos em casa, através dos maus tratos de seu marido, resolve procurar uma bruxa. Essa lhe pede uma Hóstia consagrada para fazer o serviço... (o milagre se encontra no meio do site, abaixo do milagre de Lanciano).

O milagre eucarístico de Offida: mais um caso em que uma esposa desesperada procura os serviços de uma bruxa...

Outros milagres.

Márcio Gomes Pacheco

Márcio Gomes Pacheco

Letras Português/Inglês - UFG Administração de Empresas - UFG (não concluído)
Coordenador do Grupo de Oração Semeador da Renovação Carismática Católica Inhumense; Ex-coordenador do Ministério Jovem da Renovação Carismática Católica Inhumense; Diretor do blog A Boa Semente (www.aboasemente.com); Músico do Coral Santa Cecília e do Grupo de Oração Semeador - RCCI; Bancário - Banco do Brasil (desde jan/2005); Professor de Literatura Brasileira, Português, Inglês e Ensino Religioso na rede estadual de ensino entre 1999 e 2000; professor de Inglês (CCAA e Centro de Línguas UFG) de 2000 a 2006; professor de Inglês - Cursinho Trevisan (2000 - 2004); professor de violão (1998 - 2003).

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

Ildo Correa
14/06/2009 03:37

Misericórdia

Aos americanos misericórdia por digerirem tudo aquilo que vos é dado... se soubesse grego ou pelo menos entendessem as escrituras originais, saberiam que nao havia termos para se referir ao homossexual na epoca em que foram escritas... no mais somente digo que Deus nao faz acepçao de pessoas, Jesus veio e nao tocou uma só palavra contrs os homossexuais, e disse que muitos de seu rebanho sou outros. Deus é Amor e ensina a amar ao próximo sem limites, porque o amor supera todas estas... Blessed Be!
Sargento do VERDE
04/06/2008 01:53

Arre!

Esto es una vergüenza! Los hombres corruptos tratando de revivir la vida un corrupto! Usted es el religioso plaga de la humanidad, no sufrió la dictadura, pero sé lo que mis compañeros, que se reunió a través de la televisión, sufrió! Soy un gran guerrillero y no puedo aceptar tal cosa! Sólo voy a terminar este último cigarrillo y la lucha en contra de usted! Bastardos! ¡Viva la revolución, camaradas!
Clarenice
04/06/2008 01:48

Tipo assim

Ai sei lá, eu até que acho essa coisa, sabe, de gay e tal, um pouco estranha, sei lá. Já beijei uma mulher sabe, no colégio, mas sei lá, não sou lésbica, NÃO MESMO! Gosto de homem sabe, e acho que, deus, tipo, criou agente pra se do jeito que somos, sabe?! Tipo assim, se eu tenho um buraco, saca, eh pra se preenchido, não fica só no rala rala, entende?! ha ha ha.... Ai, esse papo, me deixa com vergonha, sabe?! Ai, tipo assim, é isso ai... Só falo que, respeito sabe, por que, agente, tem que respeita, respeita o próximo e tal, tipo o cara lá da novela, que bateu nas poliça sabe, por que sei lá, não tenho nada contra, mas também, não gosto de poliça também não, é isso ai, respeito e tal, paz...
Monge Vovó
04/06/2008 01:42

A homossexualidade no Santissimo

Tu perguntas se podes se fazer de mulher, vestir-se como tal, pintares tuas unhas e engajares numa vida para o qual não foi criado! Respondo-te com propriedade bíblica: "A beleza dos jovens é o seu poder" (provébios 20:29); Não se preocupe meu jovem rapaz, rapariga, seja lá o que for, deus lhe deu este poder para que você o use, pecado seria recusar uma dádiva divina! Até o nosso filho já provou o que vos anseia, volto a falar, com propriedade bíblica: "Jesus apegou-se aos seus amigos. Ele amou-os até ao fim" (João 13:1); Não há pecado no amor meu jovem e somente sim, ir contras as leis divinas! Você pode ser gay, mas nunca deixe de amar o próximo! Fique com deus, pequena florzinha do campo, seja abençoado os teus desejos!
Astrogildo
03/06/2008 00:21

ui

Sou gay e gostaria de saber porque não posso participar da eucaristia. Grato.
Apostolo
03/06/2008 00:19

Você deveria respeitar o espaço já que o assunto é algo profundo e essencial ao ser humano. Você já ouviu falar que não discutimos religião? Deus é o maior, é fiel e honra o dizimista verdadeiro e que prolifera o respeito que vc não é capaz de fornecer. Queiro que saiba que a Igreja responde si às necessidades contemporâneas e que a tal Teologia da Libertação é puro esquerdismo que deseja macular a doutrina do Cristo. Caso não saiba, o sudário é sim verdadeiro e me fio na fé que tenho e não na ciência que vc professa. Que mal tem imaginar que Deus pode nos prover materialmente? Lutei a vida toda, perdi os pais jovem, e hoje tenho meu patrimônio, meus carros, minhas empresas porque deus me fez prosperar. Por fim, acho que está na hora dos militares retomarem nosso país em nome da ordem, de deus, da família e da honra. Muito bom seu texto, caro irmão de fé. Sugiro também que trate do abominável caso da aprovação do uso de células embrionárias, algo digno de excumunhão. A Igreja acolhe as ovelhas brancas e bani o excremento profano vindo da África, razão da maldição economica que vivem em nossos dia.
Heliogabalo
28/05/2008 00:27

....

é medieval acreditar em relíquias, e curioso usar de supostos argumentos científicos para garantir algo...Se lembra do caso do famosos Sudário, quando cientístas russos atestaram sua legitimidade? Pois bem, mais tarde todos souberam que se tratava de balela - o tal pano lá era um simulacro do medievo...que tal um pouco mais de instrução em seus textos. Fale, por exemplo, da presença da Teologia da Libertação na América Latina e o tipo de cristandade que aqui florecera, mas que posteriormente foi rechaçada pelo conservadorismo de uma Igreja incapaz de respoder eficazmente às contingências da contemporaneidade. Esse misticismo medieval afasta realmente qualquer um dos filões do Monarca e Bispo de Roma. Ôgum é pai dos pretos Ôgum é nosso guerreiro Quebranta as demandas E reina soberano aqui no terreiro... Ogunhê!