Publicado em 02/05/2006 17:42

Cortar custos - sábia opção

Neste mercado competitivo cortar custos passou a ser essencial para a sobrevivência da sua empresa...

 
Neste mercado competitivo cortar custos passou a ser essencial para a sobrevivência da sua empresa. Muitos empresário adotaram e ainda adotam a forma clássica. "A situação arrochar,  então manda embora!". Existem outras formas de você reduzir os custos da sua empresa sem ser tão drástico.

 
Empresários no Brasil inteiro tem conseguido resultados notórios com idéias simples, como por exemplo uma pequena mudança no seu sistema de comunicação.  É importante vislumbrar que não é cortando o cafezinho que  a situação da empresa vai mudar; tente focalizar despesas que tenham impacto significativo, distinga  os bons custos, que podem lhe trazer vantagens competitivas, dos ruins que podem ser cortados sem minimizar seus lucros. Claro que para isso é fundamental que você conheça profundamente os custos de sua empresa. Você deve dominar o conhecimento sobre todo o fluxo de atividades do seu negócio, produção, distribuição ou venda, e principalmente possuir o perfil do seu cliente, pois afinal sua empresa existe para satisfazer a necessidade dele.
 

Então vamos começar pelas suas compras. É importante não só ter contato com seus fornecedores, mas principalmente estabelecer um elo de ligação, uma parceria. Visitá-los pessoalmente em períodos regulares pode lhe ajudar a negociar melhores preços e prazos. Outra forma de lhe ajudar a conseguir vantagens nas negociações com fornecedores é através do cooperativismo, afinal adquirir seus produtos por meio de uma central de compras, por exemplo, com certeza reduzirá seus custos.

 
A escolha de Banco também pode trazer benefícios para sua empresa. Primeiro é necessário que se faça uma comparação entre os serviços oferecidos pelas instituições financeiras e seus preços. Mas é evidente que não precisa neste momento retirar sua conta do Banco a qual já trabalha a anos, talvez uma proposta ao seu gerente pode trazer algumas mudanças significativas, como repassar a folha de pagamento de sua empresa para o Banco solicitando em troca a extinção ou redução de algumas tarifas.

 
Controle de estoque para milhares de micro e pequenas empresas neste país ainda é um mistério, mas se administrado de forma coesa trará vantagens.  Não adianta criar grandes estoques, pois além  de elevar o custo de armazenamento pode acabar comprometendo seu capital de giro. A informatização do seu controle de estoque, reduz sua margem de erro na contagem de entradas e saídas e consequentemente redução no volume armazenado.

 
A adoção da informática na sua empresa, pode ser um grande aliado também na racionalização dos custos. É claro que seu computador deve ser usado de forma eficiente, que gere economia e agilidade nos processos, afinal tempo é dinheiro. Desligar o monitor do computador enquanto não o usa, pode reduzir o consumo de energia elétrica principalmente se você tem uma grande quantidade de equipamentos.

 
Para empresas de pequeno e médio porte que entregam e  recebem uma quantidade razoável de mercadorias, como é o caso de supermercados, a logística nas entregas podem virar um drama, se não houver uma programação. Pedidos que chegam na mesma hora e filas para descarregamento com certeza representa aumento em seus custos.

 
A criação de um banco de horas, contratação de estagiários, a terceirização de serviços não essenciais e a utilização de métodos de recrutamento, podem lhe ajudar a reduzir e muito as despesas com pessoal.

 
Se sua conta telefônica está lhe dando dor de cabeça, reveja a forma de utilizar deste serviço. Com a utilização de um conversor de ligações, comunicação através do skype, adoção de planos de celulares empresariais, podem fazer grande diferença no final do mês.

 

Essa são algumas opções entre as várias existentes para conseguir reduzir os custos da sua empresa e consequentemente se tornar mais competitivo. Não se trata de uma receita de bolo, afinal cada empresa possui sua realidade, então é necessário que se faça um estudo profundo sobre os custos do negócio, para  tomar decisões acertadas que realmente façam diferença.

Sérgio Augusto

Sérgio Augusto

Administraçao de Empresas - Faculdade Anhanguera;Pos graduação em Administração em Recursos Humanos - Faculdade Cambury.
Consultoria, palestras e treinamentos em administração de empresas e administração em recursos humanos. Analista Empresarial do Sebrae em Goiás.Professor da matéria Teorias Administrativas - Universidade Estadual de Goiás.

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

Welington
03/05/2006 10:02

Muito bom artigo

São essas pequenas atitudes que fazem a diferença na margem de lucro das empresas.