Publicado em 19/12/2010 16:12

ENTÃO É NATAL...

ENCENAÇÃO...

A hipocrisia já vem

Em alguns corações

A evidência que brota

Da semente que não tem...


Feito forasteiro

Uma vez na vida

Um amor não verdadeiro

Gentileza fingida...


Um natal maquiado

De inúmeras pessoas

No rosto estampado

Esperando coisas boas...


Natal não é assim

Não é uma vez por ano

Acabe com isso, enfim,

Pare de engano...


Seu irmão é uma vida

Não um místico dia

Uma voz sofrida

Não se calará sem alegria...


Aprenda a amar

Ouvir um gemido

Não só representar

O que você tem vivido...


Então é Natal

Hora de aprender

Que em um dia não faz

O que no ano deixou de fazer...


Não abra o presente

Abra seu coração

Sorria contente

Doe amor e perdão...


Pare de falar

Para apenas escutar

Pare de procurar com loucura

E deixe outro encontrar o que você procura...


ENTÃO PODERÁ SER NATAL!

Ivan Zarur

Ivan Zarur

Inspirado pelas suas professoras, aventurou-se no mundo da Literatura aos sete anos de idade. Seus primeiros trabalhos publicados foram em forma de cordel: "O Velho Ricardino" e "Não conseguiu e para o Céu subiu". Com "Mundo e Mudanças" venceu o Festival dos Campeões de Itaberaí-Go.
Publicou vários trabalhos na revista Diadema Real, da Editora Cristã Evangélica do Brasil, entre eles, "Transformação", "Coisas da vida", "Mãe" e "Pastor Amado". Minha BIOGRAFIA completa, bem como outras de minhas obras estão disponíveis no meu site: www.zarur.no.comunidades.net

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)