Publicado em 09/04/2006 21:23

O poder curativo da música

Você já parou para refletir sobre o poder de influência que a música exerce sobre as pessoas? Confira!

Já deve ter acontecido com você, preste bastante atenção...

Com certeza já aconteceu de você estar em casa escutando suas músicas preferidas e, de repente, aquela melancolia vem bater à sua porta, fazendo com que você mergulhe no seu interior, em pensamentos que não te trazem tanto proveito. Muitas pessoas já relataram experiências de estarem escutando músicas internacionais lentas e serem tomadas por um sentimento de tristeza e nostalgia que muitas vezes fazem com que lágrimas rolem por suas faces, e muitas dessas pessoas sequer sabiam o significado das letras de tais músicas.

Isso vem nos comprovar que o poder da música sobre as pessoas vai muito além de sua letra, que por si só já tem grande influência. Isso acontece porque a música é composta de certos ingredientes - como harmonia, melodia, ritmo, tonalidade e volume - que, dependendo de como são combinados, podem atingir diretamente a vida de seus ouvintes para melhor ou pior, podendo gerar sensações adversas como nostalgia, melancolia, paz, relaxamento, alegria, euforia, etc.

Estudos recentes comprovaram o poder curativo da música. Foram separados dois grupos de pessoas que constantemente sofriam de cefaléia. À metade dessas pessoas foi sugerido que escutassem música clássica, mais especificamente Mozart. O resultado foi que houve uma melhora muito mais rápida das pessoas do grupo ligado à musicoterapia, mesmo para aqueles que não apreciavam música clássica.

Muitos são os segmentos religiosos que se atentam para essa característica da música. Exemplo claro disso são segmentos de religiões orientais, das igrejas evangélicas e a Renovação Carismática dentro da Igreja Católica. Tais segmentos fazem uso desse forte instrumento para romper barreiras psicológicas e conseguir o acesso aos corações de pessoas oprimidas. Isso propicia a ocorrência das curas espirituais, que muitas vezes refletem em curas físicas.

Cada vez mais pessoas se atentam para esse poder curativo da música e têm conseguido melhorar a qualidade de suas vidas através de algo muito simples ao selecionar o que tem entrado por seus ouvidos. Como pessoas críticas que somos, devemos sempre estar atentos aos lixos musicais que são lançados todos os dias na mídia e que nada somam em nossas vidas.

Márcio Gomes Pacheco

Márcio Gomes Pacheco

Letras Português/Inglês - UFG Administração de Empresas - UFG (não concluído)
Coordenador do Grupo de Oração Semeador da Renovação Carismática Católica Inhumense; Ex-coordenador do Ministério Jovem da Renovação Carismática Católica Inhumense; Diretor do blog A Boa Semente (www.aboasemente.com); Músico do Coral Santa Cecília e do Grupo de Oração Semeador - RCCI; Bancário - Banco do Brasil (desde jan/2005); Professor de Literatura Brasileira, Português, Inglês e Ensino Religioso na rede estadual de ensino entre 1999 e 2000; professor de Inglês (CCAA e Centro de Línguas UFG) de 2000 a 2006; professor de Inglês - Cursinho Trevisan (2000 - 2004); professor de violão (1998 - 2003).

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

Elen Santos de Oliveira
28/08/2007 18:44

musica

gosto muito de musica, sou feliz quando escuto musica evangelicas me sito muito mais levi, quando estou nevosa , chatiada, e oprimida eu vou escutar musica para me sentir muito mais leve como uma pena...
Tatiany
04/02/2007 20:46

música

A música e tudo em minha vida e tem sim valor curativo eu acredito principalmente as que dizem sobre o Amor de DEUS, por que eu sou doida, maluca, pirada por JESUS.
Layane
23/11/2006 14:02

música

Gosto muito da música católica pois com ela Deus chega nos corações em lugares onde a palavra dele não consegue mais chegar. parabéns gostei muito dessa matéria falando sobre a música.
allyne
29/10/2006 16:27

e presciso sentir

musik naum se ouvi se senti !!!!!!!!
RAPHAEL ANDRADE DA SILVA
26/10/2006 11:16

MUSICA EVANGELICA

NAO TENHA PRECONCEITO SOBRE NADA ISSO E ERRADO.
donizete dos santos santana
22/10/2006 15:39

todo pode ser mudado através da música

música é algo que você sente ;quando você esta cantando você vai se libertando de todos os males.
Emannuel Santana
08/09/2006 13:58

Fazendo Parte

Música pra mim é o esquecimento das dificuldades e do mundo escandalizado, pois só cantando é que consigo viajar em um mudo mais felizzzzz!!!!!!!!!!!!!!
Cícera Elaine Silva dos Santos
19/05/2006 00:55

A música

EU NÃO SEI VIVER SEM MÚSICA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Fernando Reis
05/05/2006 21:50

Não é preconceito

Pelo contrário, eu gosto de Rock. Eu me referia a todos fatores que infuencia em uma musica, não só o ritmo, mas harmonia e letra.Sobre a tortura foi uma informação que escutei, que realmente acontecia.Não concordei com uso de Padre Zezinho e Padre Marcelo, que eu saiba nenhuma pessoa fica triste ou revoltado quando escutam os mesmos.Minha intenção não foi ser preconceituoso com estilos e sim dar um toque sobre a questão dos fatores envolvidos na musica. Só lembrando, existe letras de música de Rock que incentivam o suicidio, já também existem outras que trazem crescimento para o interior do ouvinte.
Neimar
04/05/2006 17:27

preconceito ao rock?

Ora caro amigo Fernando o Rock pesado serve como tortura referente ao gosto da pessoa que foi educada a ouvir determinado estilo de música, saiba que na ditadura militar as torturas eram feitas com musicas do padre zezinho, imagina um intelectual politico ouvindo este tipo de musica? da mesma forma um rockeiro anarco punk ouvindo padre Marcelo é uma tortura e por falar em tortura a muito tempo no Brasil não se produz música que leva um carater de enriquecimento cultural. Cabe a análise que não devemos ter opiniões preconceituosas em referente a gosto musicais entretanto eu mesmo ouço padre Zezinho de vez enquando.
Fernando Reis
12/04/2006 17:30

Poder além do que as pessoas pessam

Eu concordo que a música tem um poder curativo, com também concordo que ela tem um poder destrutivo. Tem música que é usada para tratamento terapeutico(Musicoterapia), já tem música usada para tortura(fiquei sabendo que policiais de um certo país usam o rock pesado como forma de tortura), existem músicas que desrespeita, existe música que seduz, existe música que conduz a um pessamento positivo outra ao negativo, musica pra relaxar, musica pra revoltar...Enfim a música influencia muito no psicologico da pessoa. Seja vivo escute música de qualidade, que tenha conteudo.
Rogerio Lima Cordeiro
11/04/2006 08:32

O Poder da Música

Realmente a música tem poder e forte nas nossas vidas, nós às vezes nos encontramos em situações que tudo parece perdido e tentamos na maioria das vezes encontrar soluções para os nossos problemas na musica, mas ao mesmo tempo não percebemos que estamos nos afundando mais ainda. Na área sentimental, quando uma pessoa termina um relacionamento se apega muito à algumas músicas e essas músicas tem letras que em vez de te dar forças te colocar lá no alto são letras depressivas que só fala de desgraças, traição, violência, e acaba influenciando a pessoa a tomar iniciativas precipitada e errada e acaba na maioria dos casos levando a morte por causa de uma traição e por influencia da música que ele ouviu e que o levou a fazer o mal. Alguns ritmos, (Funk) algumas letras, (só as cachorras), mostram o verdadeiro desrespeito as mulheres, criaturas tão belas de DEUS que tem que ser respeitada tratada com carinho, com amor, com respeito, vejam hoje meninas tão jovens na flor da idade começando a descobrir o que é a vida, e já estão crescendo em um mundo tão fútil (AS CRIANÇAS APRENDEM O QUE VIVENCIAM) se não formos exemplos para elas hoje o futuro delas estará comprometido com certeza. Vamos aprender a analisar melhor as nossas vidas e dar o exemplo que as nossas crianças precisam, que elas possam saber escolher o que é melhor pra elas e se sintam valorizadas. Vamos entregar as nossas fraquezas a DEUS por que somente ele pode socorrer os nosso problemas, ENTREGUE SEU CAMINHO A DEUS. As músicas são pra nos confortar nos ajudar e não para nos levar a depressão a violência e que muitas vezes chega até a morte.
Sirlei Cícera de Morais Nascimento
11/04/2006 07:50

O interior da música

A música é muito mais que um enumerado de notas e letras, ela contém um lado espíritual, uma parte imaterial maldado de acordo com o que a pessoa que as cria está sentindo. A música é sim uma representação interior, uma construção em que o material utilizado é tudo aquilo que faz parte do interior do criador. Tudo é muito particular, passamos a sentir a expressão do outro em relação aos sentimentos que nos tocam, o amor , o ódio... tudo é transmitido por meio da música. Daí surge o senso crítico que precisamos ter em relação a isso. Devemos ser inteligentes a ponto de sabermos o que é melhor para nós. A importância que damos ao que nos rodeia influi e muito na nossa vida, pois tudo isso passa a fazer parte dela. Devemos buscar o que realmente nos fará crescer. Nós somos importantes, seres pensantes, devemos então buscar relacionar a nossa vida( curta vida ) o que está a nossa altura.
Jean Vicente da Silva
11/04/2006 12:52

A Música em Nossas Famílias

A música tem um enorme poder sobre os homens, ela mexe diretamente com o nosso emocional e pode criar em nós qualquer tipo de sentimento; é como se as nossas atitudes estivessem condicionadas ao que estamos ouvindo. Este é um poder que pode ser direcionado tanto para o bem quanto para o mau, pois se uma música pode te acalmar, também pode te levar a um ato violento. As músicas com o seu ritmo e as suas frases repetidas (falta de criatividade) entram em nossas cabeças de uma forma tão violenta, que mesmo sem querer sabemos todas elas. Imaginam o que acontece com as nossas crianças, elas estão sendo moldadas de acordo com estas músicas; estão se vestindo e agindo conforme o que elas estão ouvindo. Se para nós se torna difícil nos desvencilharmos do que ouvimos, para as crianças é impossível. Deixarmos as nossas crianças ouvirem este tipo de música que só fala de sexo e violência, é condenar a morte não só estas crianças, mas toda uma geração que virá em seguida. É destruirmos a nossa própria história de família, moral e princípios. Por isso, tome uma decisão agora. Retire de sua vida o que está destruindo seus filhos e a sua família; mesmo que isto seja difícil, precisamos iniciar um processo de limpeza em nossas casas e com os nossos, não podemos deixar este veneno que com certeza nos destrói permanecer no meio de nós. Peça ajuda a Maria e ela te guiará nesta tarefa árdua mais necessária para uma melhor condição espiritual de vida.