Publicado em 15/05/2007 09:21

POLO TECNOLÓGICO

O conhecimento é ferramenta pessoal para o sucesso individual e, coletivamente . . .

O conhecimento é ferramenta pessoal para o sucesso individual e, coletivamente, é a senha indispensável para a melhor estratificação de uma comunidade. Quando científico, tem sua sede nas Universidades, Faculdades, Fundações de pesquisa, Institutos e é buscado conforme a inclinação de quem o busca para se qualificar profissionalmente.
Há momentos de convergência que tornam o ambiente em ousadia salutar.

INHUMAS tem um movimento acadêmico já considerável: A Universidade Estadual de Goiás, Unidade da CEFET, uma Faculdade Particular - Fac Mais; Escola Agrotécnica, Unidade da Embrapa na região, que está a menos de quarenta quilômetros da Capital do Estado - onde o universo e as oportunidades para diferentes cursos são auspiciosos.

Por esse ângulo, creio, pode se pensar num salto de audácia para uma etapa instigante para a localidade e toda a região. Está madura a criação de um POLO TECNOLÓGICO - a funcionar como o núcleo central na direção de abastecer, tecnologicamente, diversos laboratórios, inclusive aqueles de apoio a projetos de outras instituições - base científica para desenvolver qualquer setor de atividade econômica ou gestão pública.

A conveniência de se pensar numa sociedade civil sem fins lucrativos, isto é, um instituto ou uma fundação, com o objetivo de promover ações visando o desenvolvimento tecnológico de incentivo aos empreendedores  na criação e modernização de empresas, com pesquisas, planejamentos informando e estimulando mercado. A estruturação da iniciativa com destaque para informática; gestão empresarial, acesso a linhas especiais de financiamentos, infra-estrutura para reuniões temáticas, cursos e eventos de abrangências estadual e nacional, acesso total à internet, consultoria mercadológica e assessoria técnica - jurídica e empresarial a quem já esteja no mercado ou queira entrar. Dar ênfase à exportação em parceria com as Secretarias de Comércio Exterior, Ciência e Tecnologia e Indústria e Comércio. Ainda apoio a projetos de qualidade em software.

O NOSSO MUNICÍPIO tem posições geográfica e topográfica relevantes para esses objetivos: proximidade com a Capital de Estado e com a Capital Federal. Falta-lhe uma definição/identidade de maior destaque quanto ao destino de sua população. Ela está no vértice daqueles que predominam por outras razões: Trindade - Capital da Fé; Anápolis - Capital Econômica e estratégica; Goiânia - Capital Administrativa. Salienta-se, aí, a importância de INHUMAS ser a Capital Tecnológica do Estado, assim como Campinas está para São Paulo.

O momento é este! Existe uma onda favorável. Goiânia, por ser uma Capital Administrativa, não suporta o peso das adversidades em atividades econômicas, com relevo ao comércio e prestação de serviços. Pode-se tomar o seu lugar para atender às necessidades da modernidade a serviço do avanço geométrico que a sociedade vem conquistando no desejo de abrir novas fronteiras para garantir emprego e renda.

Conclusão: Para se iniciar esse projeto, pode se realizar uma reunião pautada para Reitores de Universidades Goianas e Diretores das várias Faculdades e ter, como convidado especial, o Reitor a UNICAMP - Universidade de Campinas - SP. A partir de uma agenda prévia, define-se por uma agenda definitiva para articulações e a fundação do INSTITUTO já com um definido plano de trabalho de curto, médio e longo prazo.

Com isso, INHUMAS pode ser também a base tecnológica de recepção e transmissão de informações por satélite e estabelecer parcerias com emissoras de rádio, televisão, internet, etc. Trazer para si a responsabilidade de, num futuro próximo, o inevitável sistema de comunicação amplamente sofisticado numa nova comunidade técnico-científica.

Estarei profundamente grato às contribuições críticas a este artigo. Democraticamente, creio, estaremos dimensionando o futuro de nossa terra, balizando os nossos interesses e preocupações e criando, de princípio, um banco de idéias que pode ser integrado com fundos de pesquisas, tais como a FAPEGO, FAPESP, FAF-DF, IPEA, CNPq e tantos outros existentes no País e no exterior. A partir do Banco de Idéias, a concentração dos esforços político, empresarial, acadêmico e com a sinergia de toda a comunidade, os benefícios diretos e indiretos vão atingir diretamente todos os níveis da população.

Irondes de Morais

Irondes de Morais

Graduação: Direito pela UFG Pós-Graduação - Especialização em: Direito Agrário pela UFG Política e Estratégia pela UCG/ADESG Direito Tributário - convênio UCG/IGDT
Reforma Tributária: Uma medida Urgente e Necessária;Conteúdo Jurídico do Princípio da igualdade;Elisão Tributária;Ação Civil Pública em Matéria Tributária;Efeito Social da Terra

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

Jerônimo Martins
19/05/2007 11:39

Excelente artigo!

Eu acredito que Inhumas ficou parada no tempo por tempo demais. Já passou da hora da cidade acordar e começar a despontar em outras áreas como a científica e a tecnológica. Há decadas que a cidade tem como ponto forte o comércio que hoje é a característica marcante do município. Mas algo que me entristece é a morosidade como as coisas acontecem e a aversão que muitas pessoas têm da nossa cidade evoluir demais a ponto de perder outra característica marcante do município: a paz e a tranqüilidade que só encontramos aqui em Inhumas e não mais em outros municípios do interior como Rio Verde e Anápolis. Inhumas precisa evoluir mais. A presença de instituições de ensino superior é sinal dessa evolução. Mas não é só isso. Como Goiás está crescendo com a indústria do biocombustível e a vinda de fábricas de automóveis e motocicletas, Inhumas pode muito bem atrair outras indústrias desse nível para nossa região. Um pólo tecnológico é interessante para nós desde que haja não uma parceria, mas uma forte união entre as universidades/cefet/faculdade, empresas/indústrias que estão e que podem vir para cá e autoridades municipais, estaduais e federais. É o coletivismo em prol da evolução do município que pode fazer Inhumas despertar e se destacar em nosso estado principalmente pela posição geográfica que tem. Os frutos dessa união com certeza serão colhidos por todo o município.