Publicado em 28/02/2007 09:10

Prefeito do Centro?

Pretendo trazer à reflexão o direcionamento adotado pela atual administração municipal em se tratando de obras

Não se trata de ser centro-esquerda ou centro-direita na política partidária. Pretendo trazer à reflexão o direcionamento adotado pela atual administração municipal em se tratando de obras. Observa-se que nos últimos dois anos houve uma concentração de esforços em termos de obras na região central da cidade e poucas obras nos bairros adjacentes. Há um bom nível de satisfação com os resultados por parte da população, mas observamos que problemas antigos nos bairros adjacentes precisam de mais atenção. Sua população continua sofrendo com a falta do asfalto como nos setores Bela Vista, Panorama Park e Jardim Suíço. Aliás, seus moradores já estão calejados de promessas em tempos de campanha. Basta uma chuva forte para os problemas voltarem. A reclamação é maior para quem mora na divisa entre o Panorama Park com o Setor Floresta e recebe toda a lama que vem do Jardim Suíço. Em outra região, o que resta do asfalto na Pedrinha e Vila Mutirão é coisa de louco, algumas ruas não têm condição de tráfego. Na primeira rua da Vila Mutirão tem um buraco no meio do asfalto que vira lagoa quando chove. É assim em todos os anos. Quando se trata de chuva forte precisamos lembrar também do que aconteceu na região do Setor José Antonio Ferreira, onde as pessoas tiveram que abandonar suas casas devido ao volume de lama e água em excesso que desceu do setor Raio de Sol. Estes problemas precisam ser discutidos com a comunidade, sem demagogia, mas com humildade. Não basta fazerem estudos para levar benefício como fizeram na Vila Marize para uma biblioteca na praça e não sai do papel. A população precisa de resultado, no mímino uma satisfação do poder público. A prefeitura tem uma receita anual de mais de R$38.957 milhões, e por isso não se justifica tanto tempo para as obras não acontecerem nestas regiões. Acreditamos que o prefeito está apenas aguardando o fim do período chuvoso para iniciar as obras. São problemas antigos e urgentes de uma solução, e carecem também de maior atenção do poder público. A população precisa tomar conhecimento do que está havendo e o momento é agora, fora do tempo de campanha. Em tempo, nosso povo precisa também de respostas porque não se resolve o problema da falta do emprego no Município, com tantas empresas se instalando em outros municípios com ajuda do governo estadual. O prefeito Abelardo já se mostrou uma grande liderança, e esperamos sensibilidade para resolver em definitivo estes problemas ou ele poderá correr o risco de ficar conhecido como prefeito do centro.

Welington Rodrigues

Welington Rodrigues

Economia, pós-graduando MBA em Gestão de Negócios pelo IBMEC.
Diretor da Project Consultoria Especialziada, autor do livro "Por que Inhumas é assim?".

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

Érison Mendonça
31/01/2008 14:00

P.S.

Por favor, entenda PREFEITO DE CENTRO em vez de PREFEITO DE CERTO.
Érison Mendonça
31/01/2008 13:57

PMDB é a prostituta do país!

Caro, Welington, respeito muito suas considerações, mas gostaria de lembrar que o problema de vias com asfalto de última categoria, quando há, é um problema crônico e acompanhante de partidários do PMDB. Quando morava na cidade de Goiás, convivia com o mesmo problema e, em véspera de eleições, tudo surpreendentemente acontecia. Acredito que esse ano não será diferente. Gostaria de enfatizar que o PMDB é o antigo partido do coronelismo, que visa, portanto, única e primariamente a manutenção do poder. O atual prefeito é, por questões ideológicas e conceituais, um governante de certo sim! Tanto é verdade que em governos do PMDB não existem grandes reformas e mudanças quanto às políticas públicas, apenas asfalto, moradia e uma cestinha básica pra encher a barriga do famintos. Enquanto cargos públicos servirem de massagem ao ego e não à real função da defesa dos interesses coletivos, continuaremos a ter cidades como Inhumas: comuns.
Lucas Calil
08/03/2007 23:57

natural

é aquela velha história.. `ordem para o povo e progresso a nobreza´ !
Joao Antonio
08/03/2007 16:42

Parabens

Muito bem lembrado e colocadoo cerne do texto pelo brilhante Welington. É notavel a concentraçao de atividades na regiao central da cidade, alijando a periferia, tratando-a com diferença no que diz respeito aos cuidados basicos. Muito bem lembrada a situaçao dos setores Panoramam Parque, Jardim Suiço e Pedrinhas, que foram alvos de inumeras promessas por parte dos vencedores nos ultimos certames eleitorais. Agora entendo que seja a hora certa para reflexoes e comparaçoes, sobre promessas e seus cumprimentos. Ha ainda outro buraco negro que envolve nosso municipio rapida e silenciosamente, que é o desemprego. Pergunta-se: onde estao os investimentos por parte do governo Estadual, no fomento a criaçao e implantaçao de empresas empregadoras em nossa cidade?
Valeria Costa
03/03/2007 01:36

Parabens!!!

Muito bem colocado e lembrado com relacao aos bairros mais afastados,se cada cidadao fizer sua parte com certeza teremos uma Inhumas melhor devemos deixar de ser covardeas e egoista em nossas decisoes principalmente na hora do voto,e independente se seu amigo ou familiar estar hoje no poder nossos direitos tem que ser compridos assim como nossos deveres estao sendo cumpridos dia apos dia.
Mauricio Valadão
01/03/2007 16:22

Texto Welington Santos.

Concordo com o Welington quanto à lembrança das autoridades com relação aos Bairros mais afastados, isso não acontece somente em Inhumas, mas na maioria dos municípios Brasileiros e eu vou mais além, não sou do centro, nem da esqueda e direita, mas acho que devemos focar no atendimento e resolução dos problemas da comunidade, aliás, os nossos representantes foram eleitos justamente para isso. Parabéns pelo seu artigo Welington.
Welington Rodrigues
01/03/2007 12:10

Retorno

Obrigado Vaz pela dica. Somente esclarecendo, eu não sou oposição e nem situação, rs! Minha missão é trazer ao conhecimento da comunidade assuntos relevantes e que possam instigar o debate. Entendo que, enquanto formadores de opinião, nós temos que cobrar das autoridades ações que beneficiam a população. Um abraço!
Vaz Indo da Silva
28/02/2007 21:12

ENTAO...

WELINGTON, PRA QUE O BELARDIM SE PREOCUPAR COM ISSO, AMIGO? QUANDO CHEGAR AS ELEIÇOES O DR. ALCIDES (CIDINHO - PP) DESPECHA CHEQUE MORADIA AQUI EM INHUMAS E ESTARÁ TUDO RESOLVIDO. SERA REELEITO COM O PÉ NAS COSTAS E VC TOME CUIDADO PRA NAO DANÇAR NESSA DE OPOSIÇAO, HEIM?!