Publicado em 24/03/2006 17:07

Quaresma

Tempo propício para vencermos as tentações.A Igreja se une a cada ano, mediante aos quarenta dias da Quaresma

A Igreja se une a cada ano, mediante aos quarenta dias da Quaresma, ao mistério de Jesus no deserto. Durante este período do ano, somos levados a várias reflexões sobre nossa vida e sobre os desígnios do Senhor.


Jesus, logo após ser Batizado por João, é levado pelo Espírito ao deserto. Ele ali fica por quarenta dias sem comer. No final dessa permanência, Satanás o tenta por três vezes, procurando questionar sua atitude filial para com Deus. Jesus vence essas tentações (que de certa forma nos remetem às tentações de Adão no Paraíso), levando o demônio a afastar-se dele.


Ao estabelecermos esta relação, chegamos ao Mistério que envolve esse acontecimento. O Filho, então, supera a criatura pela sua fidelidade, pois não se sucumbiu à tentação. Além disso, Cristo se revela como o Servo de Deus totalmente obediente à vontade divina.


Como Jesus foi tentado por Satanás também somos no cotidiano. E devemos estar atentos, em harmonia com Jesus, pois o tentador só procura nos enganar com ilusões, dizendo que temos vários motivos para abandonarmos tudo o que Deus nos confia como missão ou até mesmo para desmerecermos os nossos momentos de provações. É neste momento que temos que seguir o exemplo de Jesus para agirmos verdadeiramente como um Filho de Deus, resistindo ao pecado e as ciladas do inimigo.


A vitória de Jesus no deserto sobre o tentador antecipa a vitória da paixão. A paixão nada mais é para nós do que tudo aquilo que nos traz ou provoca sofrimento. É importante que isso seja sempre lembrado. Isso quer dizer então, que tudo ocorre como em uma operação matemática: se vencermos as tentações (e é importante lembrar que Deus não tenta ninguém) estaremos mais fortes para suportarmos as nossas provações sem fazer uso de murmurações.
Feliz o homem que suporta tentação. Ao suportarmos a tentação, conquistamos o dom da paciência, o dom de ciência e passamos a desfrutar das maravilhas que o Espírito Santo pode nos conceder.


Quaresma é um tempo bastante propício para a conversão e, portanto, para a reconciliação com Deus, que sempre está ao nosso lado pronto a nos acolher. A penitência, a confissão, o jejum, a oração e a caridade nos conduzem a esse processo de maneira eficaz, pois são atitudes que vivificam a alma e fortalecem o espírito se soubermos aprofundar nos seus mistérios.
Nós precisamos manter vivos esses valores, lembrando que não devem ser vividos somente nesta época do ano, pois a conversão e a reconciliação estão compreendidas dentro de um processo que é contínuo e não um passe de mágica.

Prof. Reginaldo Pacheco

Prof. Reginaldo Pacheco

Graduado em Letras - UFG/ Administração - UFG (cursando)
Professor na rede estadual de ensino. Assistente em Administração no IFG - Campus Inhumas. Catequista - Paróquia Nossa Senhora Aparecida. Fundador do Grupo de Oração Semeador. http://www.aboasemente.com

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

Andre Luiz de Souza
27/03/2006 11:29

Nunca é tarde para Jesus

Muito sábio em suas palavras, o professor Reginaldo, nos deixa uma mensagem reflexiva importante a se fazer, onde a chamada conversão deve-se partir do princípio de libertação e de entrega para a reconciliação com Deus.Ainda para que tenhamos a paz e graça concebidas, não basta apenas se fazer da quaresma como meio de confraternização temporária, mas sim duradoura para toda a vida.
Carlos Antonio
26/03/2006 08:55

Quaresma e campanha da fraternidade.

Quaresma, tempo de converção, libertação, reflexão. Todos os anos a nossa Igreja nos dá temas atravéz da Campanha da Fraternidade para executarmos essas ações, de forma q toda a Igreja esteja em oração, reflexão por uma causa em comum e esse ano a traz como tema Levnta-te! vem para o meio. que faz alusão aos deficientes fisícos, porem nos leva a refletir tamém sobre as deficiencias de nosso coração. Ao refletirmos, nos libertamos pois percebemos toda a nossa podridão, ocorrendo isso, nos convertemos a uma vida de mais respeito, uma vida comunitaria. Parabens Professor Reginaldo, por tudo que você nos acrescentou sobre a quaresma.
Fernando Reis
25/03/2006 22:07

É tempo de reflexao

Quaresma é tempo de reflexao, é tempo de mudança, tempo de penitencia, tempo de jejum, todo tempo é tempo pra isso, mas a Igreja escolhe uma data especial para destacar a importancia de se fortalecer e devido ao exemplo de Jesus no deserto. Nossa vida, com certeza, é cheias de tentações e lutas. E só aquele que está em contato com o Rei dos reis, Jesus Cristo, consegue vencer, consegue ter a verdadeira felicidade.Concordo com o professor Reginaldo, a oração, o jejum, a penitencia, a confissão fortalece-nos para conseguirmos estar no caminho certo, a vontade de Deus pra nossa vida! O ramo que esá separado da árvore, seca.
Cícera Elaine Silva dos Santos
25/03/2006 11:47

As tentações

O Professor Reginaldo está coberto de razão ao lembrar que somos tentados todos os dias. E tem mais razão ainda, quando nos lembra que essas tentações não vêm de Deus. Seria muito contraditório um Deus de amor e misericórdia, provocar em seus filhos sentimentos ruins e gerar em nossos corações a dúvida e a tristeza. Por isso, todos os dias, olho para a Cruz de Cristo e me lembro de que é por causa do Amor de Deus que estou aqui, e é por esse mesmo amor que irei vencer, pois nada e ninguém no mundo vai me fazer desistir! Deus está comigo, está com todos nós.....
Ronys Junior Ferreira Maia
25/03/2006 06:45

AGORA É A HORA

Muito bem lembrado pelo Prof. Reginaldo que a quaresma e tempo de conversão, mudança de vida e está conversao não pode se deter apenas na quaresma. Mas é bom lembrar que pra muitos este tempo, talves seja o inicio da caminhada que deve se estender pela vida. Agora entao começe a sua Mudança de Vida.
Marcio Pacheco
24/03/2006 18:49

Tempo Propício...

Antes de tudo, quero parabenizar toda equipe do Tudoin por essa visão bem eclética da colcha de retalhos cultural, chamada Inhumas, principalmente por darem a oportunidade de todos colocarem seus pontos de vista a respeito dos mais variados temas... É realmente tempo de reflexão... Imaginarmos tudo o que uma pessoa foi capaz de viver por amor... todo sacrificio, toda dor... É tempo de parar de ficar olhando apenas para nossos umbigos e fazer algo para mudar pelo menos nossos micro cosmos, nossas famílias, nossas sociedades... O feriadão vem chegando... muita gente planejando a farra, as cervejas, a mulherada, etc... seria esse um momento adequado pra isso? Deixo aqui o convite, não para viver um momento de tristeza extrema.. essa já foi vivida. Convido-te a viver a graça da Ressurreição, da vida em plenitude e da graça de sentir verdadeiramente o intenso amor de um Deus que tudo faz para nos ver felizes... May God always bless you all!!! §:^)
Jean Vicente da Silva
24/03/2006 18:06

Reflexão

A Quaresma é realmente um tempo de muitas graças para todos nós, devemos olhar para esse período litúrgico e vivenciálo, ão com tristeza. A quaresma deve ser para todos nós um tempo de reflxão, um tempo de decisões, e principalmente mudança de vida. Deus não dá a cada dia uma nova chance. Chance de recomeçar. Parabéns Reginaldo por tudo que você apresentou aqui. Deus nos Abençoe.