Publicado em 02/09/2006 16:43

Que grande misericórdia

Jesus é muito mais que o pão do momento. E o mais maravilho é que ainda assim, Ele continua pronto...

 Sempre penso na grandeza das misericórdias do nosso Deus; e por mais que eu pense não consigo explicá-las. Na maioria das vezes vamos a Deus como se estivéssemos indo a uma padaria, certos de que encontraremos o pão que desejamos.

 
Algumas vezes, eu fecho os olhos e tenho a impressão de ver o Todo-Poderoso com as mãos estendidas cheias de pães de todos os tipos e gostos. Mas a imagem que vejo é de alguém que tem muito mais que um pão para saciar a fome do momento.

 
Quando Ele, Jesus, conta nos o evangelho de João, ouviu aos questionamentos da mulher samaritana; Ele ofereceu-lhe muito mais que cântaro de água para abastecer sua casa. Ofereceu-lhe água para saciar a sede de sua alma. Ele também disse aos que o ouviram: eu sou o pão da vida aquele que comer de mim nunca mais terá fome.

 
É interessante percebermos, que o pão e a água que Jesus ofereceu são diferentes dos que muitas vezes temos buscado. Queremos alimentar nossa fome de alegria, de realização, de conquista, de vingança, de dinheiro... procurando preencher buracos. Estamos famintos e desejosos de saciar a fome de agora, e então, vamos até a presença de Deus, implorando as migalhas que caem da mesa; e não são poucas às vezes que voltamos frustrados porque não conseguimos comer migalhas. Como então, comeremos do pão que Jesus nos oferece? Como resultado, nossas almas estão raquíticas espiritualmente como se vivêssemos em pleno deserto.

 
Jesus é muito mais que o pão do momento. E o mais maravilho é que ainda assim, Ele continua pronto a nos atender. Jeremias disse com verdade; as misericórdias do Senhor não têm fim, antes se renovam a cada manhã. E esta é sem dúvida a causa de não sermos consumidos.

 
De fato não estou escrevendo isso para os crentes lerem, não muito pelo contrário. Jesus não falou com crentes, mas com famintos pela sua pessoa. E é assim que dele nos alimentamos, se de fato queremos não só o seu favor, mas antes, temos fome da sua presença em nossos dias.

 
Que bom será o dia que nos libertarmos das garras do consumismo, também espiritual, buscarmos mais que o pão da hora. Nos alimentarmos do Pão da Vida que é Jesus. Estejamos certos de que aquele que se alimentar desse Pão, não precisará detonar seu corpo, sua mente e sua alma com as porcarias que têm sido oferecidas como sedo solução e na verdade estão acabando com nossos dias e com a paz de nossos lares.

 
E o melhor de tudo é sabermos que o Deus de misericórdias não nos rejeita quando nos achegamos a Ele. E pelas suas misericórdias o Pão que precisamos estará sempre a nosso dispor, como foi dito; aquele que tiver fome venha e coma.  
 
 
                                                      

Cristiana Soares

Cristiana Soares

Graduada no curso de Letras Português/Inglês - Universidade Estadual de Goiás.
Evangelista e líder de jovens da Igreja de Cristo de Inhumas. Cristiana fez também seminário em Teologia e atuou como professora em língua inglesa e portuguesa.

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

osvaldo
03/09/2006 23:33

bom

gostei do teu texto.