Publicado em 19/04/2013 16:35

Marco histórico para a urbanização de Inhumas

O prefeito Dioji Ikeda promoveu uma verdadeira conferência com grandes urbanistas, arquitetos, engenheiros, empreendedores, empresários, técnicos e diretores da CELG, para discussão e avaliação da região Sul do município, recorte territorial destinado para a expansão urbana.



A administração do prefeito Dioji Ikeda tem primado não só por questões médicas, educacionais, assistenciais e/ou orçamentárias; mas, também, pelo perfil desenvolvimentista urbano.

Consciente de que nos últimos 10 anos houve uma melhoria sintomática no bem viver da população inhumense (aquisição de veículos e da casa própria, grande poder de consumo), por outro lado a cidade tem demonstrado deficiências e insuficiências para comportar a alta saturação de veículos nos logradouros e vias de rolamento.Para piorar a situação, parte do sistema viário do município (garantia de viabilidade e acessibilidade) foi dilacerada pela falta de planejamento urbano. Isso pode ser notado no não continuísmo de grandes avenidas que recortam as áreas urbanas do município: Goiás, Antônio Moreira, Domingos Neto, Radial Norte, Bernardo Sayão.

Desse modo, norteado por iniciativas de construção de ciclovias, pistas de cooper, parques/bosques/jardins, o prefeito Dioji Ikeda promoveu uma verdadeira conferência com grandes urbanistas, arquitetos, engenheiros, empreendedores, empresários, técnicos e diretores da CELG, para discussão e avaliação da região Sul do município, recorte territorial destinado para a expansão urbana. Terça agora, 16 de abril, estiveram presentes: o Prof. Dr. Luiz Fernando Cruvinel Teixeira projetou o DAIA, SESI-Goiânia, METAGO, embaixadas em Brasília, Papillon Hotel, Plano Diretor de Anápolis, construção e paisagismo de Palmas, instituições de governo do Tocantins (Secretarias, Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa, Prefeitura e Universidade do TO), Parque Areião, entre outros; Antônio Alberto Basílio, grande referência nacional em engenharia; Yara Emy Yanimitsu, arquiteta e paisagista dos parques Flamboyant, Macambira, Vaca Brava e Areião; Carmerindo Rabelo, um dos maiores empreendedores do estado; João Pereira, Ismael Dias, Siguimi Tanigute, Raquel Arantes, Dr. Warley, Afonso Carlos da Silva, Francisco Jose do Couto, Evandro Amorim, Fernando Pinho da Costa, Augusto Nunes, José Luiz Gonçalves, Alex Moreira Gonzaga, Marli Raíza, Roberto Raiza, Rui Figueiredo e Dioji Ikeda.

De fato, todos os novos empreendedores do ramo imobiliário do município de Inhumas tiveram uma aula de urbanidade, cujo fulcro foi a política de consolidação de bairros planejados, arquitetados e instrumentalizados

Marco histórico para a urbanização de InhumasMarco histórico para a urbanização de InhumasMarco histórico para a urbanização de Inhumas

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)