Publicado em 29/09/2016 15:45

Tragťdia em Itumbiara, candidato a prefeito morre e vice-governador de GoiŠs ť baleado

Homem atirou em quatro pessoas durante carreata e foi morto, em Itumbiara. José Gomes e PM foram mortos; José Eliton e advogado estão feridos.

Uma carreata comandada pelo governador em exercício de Goiás, José Eliton (PP), terminou em tragédia na tarde desta quarta-feira, 28, em Itumbiara. O candidato a prefeito José Gomes da Rocha (PTB), o Zé Gomes, que estava ao lado de Eliton na carroceria de uma caminhonete, foi executado com tiro na cabeça.

O vice-governador, José Eliton (PSDB), de 44 anos, foi baleado, na região do abdômen e foi levado para o hospital municipal de Itumbiara. No começo da noite, ele foi transferido de helicóptero para a capital.

O candidato a prefeito José Gomes era um dos mais ricos políticos do interior goiano, com um patrimônio de R$ 110 milhões, formado em sua maioria por fazendas. Chamado de “Maluf de Itumbiara” por uma séries de acusações, o candidato tentava voltar ao comando da prefeitura, que chefiou de 2005 a 2012. Nestas eleições, ele conseguiu montar uma coligação de 14 partidos, incluindo o PT, o PMDB e o PSDB.

O atirador foi identificado como Gilberto Ferreira do Amaral, de 53 anos, funcionário da prefeitura, era auxiliar de serviços gerais da Secretaria Municipal de Saúde de Itumbiara. No crime, ele usou uma pistola 40 mm. Até o momento, os investigadores não divulgaram a motivação do assassinato de Zé Gomes.

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), está em viagem aos Estados Unidos. Ele anunciou a volta imediata ao País. Minutos após a notícia do atentado ser divulgada por blogs e sites de Goiás, políticos do Estado manifestaram o pesar pela morte de Zé Gomes. “É uma tragédia que choca a todos nós goianos”, afirmou em nota o líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado.

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)