Publicado em 23/12/2011 11:30

CAIS: referência no atendimento à saúde da população

O Hospital Municipal CAIS Monsenhor Angelino Fernandez e Fernandez oferece atendimento universal e igualitário de urgência e emergência para Inhumas e região. Leia mais.

Inaugurado no dia 26 de setembro de 1996, no final da gestão do ex-prefeito João Antônio Ferreira, e, oficialmente nominado, após votação na Câmara, na gestão do ex-prefeito de Luiz Otávio, o Hospital Municipal CAIS Monsenhor Angelino Fernandez e Fernandez tem sido referência no atendimento da comunidade local e região.

A unidade possui ambulatório, pronto socorro adulto e pronto socorro pediátrico, e conta com cerca de 140 servidores internos. O ambulatório, que funciona de segunda a sexta, das 7 às 17horas, concentra várias especialidades como cardiologia, psiquiatria, oftalmologia, gastroenterologia, ginecologia, fonoaudiologia, psicologia, ortopedia, odontologia, avaliação de cirurgia geral e clínica médica; todas com agendamento prévio. Já os prontos socorros, adulto e pediátrico, atendem 24 horas, buscando agilidade na prestação de atendimento universal e igualitário de urgência e emergência.

Segundo a enfermeira Pollyanna Mesquita Schwandt, diretora da unidade CAIS desde 2009, o Governo da Cidade de Inhumas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, na pessoa do Secretário Fernando Gadia, tem dinamizado o sistema de atendimento da unidade com o crescimento de novos serviços. "A implantação de serviços especializados otimiza a estrutura que já existe. Nos últimos anos, o CAIS de Inhumas desenvolveu-se notoriamente, devido ao número de especialidades hoje oferecidas no ambulatório. Antes eram oferecidas atendimentos básicos da clínica médica, odontologia e oftalmologia e cardiologia e ginecologia e não se utilizava toda estrutura física da unidade, considerada uma das melhores instalações de saúde do município", relata.
           
O hospital conta com atendimento de especialistas, em horário agendado, todos referências vinda do PSF (Programa de Saúde da Família) e atendimento de urgência, ambos com equipe bem qualificada. Toda assistência de saúde prioriza os atendimentos de urgências (que necessitam de solução em curto prazo) e de emergências (ocorrências perigosas, de aparecimento repentino, que necessitam de solução imediata) como dores agudas e mal-estares súbitos. "Atendimentos rotineiros para tratamento de doenças crônicas como diabetes, hipertensão para controle, por exemplo, são cuidados a serem realizados nos postos de saúde (PSF) da cidade, sobretudo, no período de chuvas, devido a ascensão de endemias, e no período de seca, devido o frequente aparecimento de doenças respiratórias, pois são nestes períodos que aumenta-se a demanda médica do hospital", destaca Pollyanna.

Os números mostram a prestação dos serviços à população durante o período de Janeiro a Novembro de 2011, evitando o deslocamento de pacientes da cidade para outros municípios, com maiores referências em saúde, como a capital Goiânia. Confira:

Realização Raio X – 14.284
Consultas dos Especialistas – 11.484
Acidentes automobilisticos - 814
Procedimento do Enfermeiro – 5.854
Ultrassonografia – 1.811
Procedimentos do Técnico de Enfermagem – 78.381
Procedimento da Sala de gesso – 3.297
Exames de Laboratório – 11.309
Consultas na Emergência – 45.520
Consultas de Ortopedia – 7.414
Tratamento na Odontologia – 5.460
Consultas Pacientes de outros municípios - 357
Consultas no Pronto Socorro Pediátrico – 10.022
Procedimentos médicos na emergência – 2.863
Procedimentos médicos na pediatria - 223
Procedimentos de pequena cirurgia – 2.522

O CAIS Inhumas conta também com o apoio de duas ambulâncias boxers e três ambulâncias reservas, sendo que estas atendem os três hospitais particulares da cidade, além da unidade pública. Recebe também os atendimentos de resgates feitos pelo SAMU e o Corpo de Bombeiros que prestam serviços para toda região que inclui as divisas das cidades de Caturaí, Petrolina, Damolândia, Deuslândia, Itaberaí, Goianira e outras. "Hoje, a unidade CAIS de Inhumas faz parte de um trabalho integrado, que contribui de forma fundamental com a prestação de serviços à saúde para região. Nossa unidade tem atingido um patamar de qualidade muito próximo dos hospitais particulares, fortalecendo, assim, o título de hospital referência do Estado", acrescenta a enfermeira-diretora Pollyanna.

Ainda segundo a Pollyanna Mesquita, o Secretário Municipal de Saúde Fernando Gadia possui projetos que visa o crescimento da saúde. "Gadia idealiza um projeto muito amplo para Inhumas, tem o desejo de ampliar o atendimento, com mais leitos, sala de atendimento intensivo, Centro cirúrgico, sala de enfermagem exclusiva para avaliação da classificacão de risco, entre outras estimativas futuras", conclui.

Fonte

Veja fotos:

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

gabriela
18/07/2011 05:02

deus e tudo

deus e tudo