Publicado em 09/12/2008 09:49

Entrega de certificados

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio promoveu no último dia 28/11/2008 a entrega de certificados aos formandos do curso de costura industrial, ministrado pela Escola Profissionalizante do Governo da Cidade de Inhumas.

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio promoveu no último dia 28/11/2008 a entrega de certificados aos formandos do curso de costura industrial, ministrado pela Escola Profissionalizante do Governo da Cidade de Inhumas. Desde a sua implantação já foram qualificadas mais de 1000 pessoas, das quais cerca de 60% já ingressaram no mercado de trabalho e estão trabalhando em empresas locais ou montaram seu próprio negócio, representando um elemento propulsor para o desenvolvimento sócio-econômico da cidade.

Segundo o Secretário Municipal de Indústria e Comércio, Eliel Cardoso, os cursos têm como objetivo promover a formação e a qualificação profissional, bem como ampliar a chance de inserção produtiva no mercado de trabalho visando suprir a carência de mão-de-obra qualificada no mercado local. Entre os cursos profissionalizantes permanentes e eventuais já ministrados na Escola Profissionalizante, através de parcerias com o Governo Estadual e Federal estão: Curso Profissionalizante de Eletricista, Cabeleireiro, Maquiagem, Auxiliar de Escritório, Avicultura, Costura Industrial em máquinas Reta e Overlock e Modelagem.

Eliel Cardoso destaca que a execução dos cursos profissionalizantes representa aos formandos um grande passo rumo ao mercado de trabalho. “Ao longo de quatro anos acompanhando a profissionalização de pessoas na Escola Profissionalizante, tivemos a oportunidade de presenciar inúmeros casos de pessoas que, após a qualificação, conquistaram independência financeira e melhoraram sua qualidade de vida e também de seus familiares”, acrescenta.


Abertas à população, as inscrições são gratuitas e podem ser feitas na Secretaria Municipal de Indústria e Comércio na Prefeitura Municipal. Podem se inscrever pessoas a partir dos 16 anos de idade. Como acontece em todos bimestres, devido a grande demanda, o critério usado para seleção é feito da seguinte maneira: 50% das vagas são garantidas pela ordem de inclusão na lista de espera, e a outra metade por avaliação socio-econômica. O resultado da seleção para próxima turma será divulgado na Secretaria Municipal de Indústria e Comércio a partir do próximo dia 11/12/08.

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

clorivan fernandes
04/07/2011 06:50

028168991023

criticar quem candidata e facil, mas coragem sao poucos q teem , a maioria q critica fica dentro de casa nem foi e nunca vai em um hospital publico, em escola publica, etc...veem fazer parte candidate, vc q tem curso superior se mostre util com atitudes nao com palavras
italo garcia
05/09/2008 06:36

Uma vergonha

como cidadao inhumense ...mais que por motivos pofissionais nao vivo em inhumas ..fico meramente envergonhado com a situacao que nossa politica chegou , pessoas que nao tem a menor competencia para representar os moradores de inhumas sendo apontados como candidatos e pretendentes a uma vaga na camara de vereadores de inhumas isso é uma vergonha pessoas que nao tem um nivel superior , pessoas que so querem é pegar dinheiro e mais dinheiro , moradores inhumenses pensem muito bem pq de boas intencoes o inferno esta cheio .......
João lobo Filho
26/08/2008 07:21

Vergonha

Tem candidatos ai que são de dar vergonha, pessoas ideolojicamente desestruturadas e sem base politica nenhuma, ou seja será q n é hora de analisar o potencial administrativo de cada, ou seja agora qualquer um pode se candidatar e achar q nasceu sabendo como as coisas são. É de dar vergonha mesmo...
APARECIDA MUNIZ
08/08/2008 10:17

candidatos

deveria apresentar o curriculo de cada candidato com a respectiva foto.
José Tirésias Messias
26/07/2008 13:25

ENIGMA

Então, o atual prefeito se elegeu em situação fortemente suspeita fora do poder há quatro anos. Agora no poder então, ninguém tasca. Quem compra fora não vai agora comprar dentro?