Publicado em 03/10/2016 15:03

PolŪcia prende 13 pessoas suspeitas de compra de votos em Inhumas, GO

Foram detidos 12 motoristas e o dono do posto; tanto quem oferece o benfício como quem aceita comete crime.

A Polícia Civil prendeu em flagrante neste sábado (1º) 13 pessoas suspeita de compra de votos, em Inhumas Região Metropolitana de Goiânia. Segundo o delegado Humberto Teófilo, responsável pelo caso, o grupo foi detido em um posto de combustíveis e trocavam seus votos pela oportunidade de abastecer seus veículos no local.

O delegado afirmou que foram detidos 12 motoristas e o dono do posto. Ele explica que a maioria confessou o crime. "Fomos lá para cumprir um mandado de busca e apreensão relacionado a este tipo de crime. Quando chegamos, vimos que muitos carros começaram a abastecer com requisições e afirmaram que tinha recebido o benefício de candidatos em troca de votos. Tanto quem oferece o benfício como quem aceita comete o crime".

Teófilo destacou que alguns dos detidos tinham requisições semanais e já haviam abastecido os carros mais de três vezes desta forma. Várias requisições e documentos foram apreendidos. O investigador alegou ainda que tenta encontrar os candidatos envolvidos no caso.

Os suspeitos foram levados à delegacia. Foram arbitradas fianças que variavam de um a dez salários mínimos (entre R$ 880 e R$ 8,8 mil) dependendo da condição social de cada um.
Agora, eles responderão  por corrupção eleitoral e podem pegar uma pena de até quatro anos, caso sejam condenados.

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)