Publicado em 10/07/2008 15:41

Estomatite vesicular, que doença é essa?

Saúde Animal.  Um foco de estomatite vesicular no nordeste goiano levou o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) determinar a suspensão...

Um foco de estomatite vesicular no nordeste goiano levou o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) determinar a suspensão, temporariamente, das exportações de carne do Estado para a Rússia. A medida é de adoção obrigatória pelo governo basileiro em todas as doenças vesiculares, por força do acordo sanitário entre os países De acordo com médicos veterinários, a estomatite vesicular é uma doença infecciosa que acomete não apenas os bovinos, mas também os eqüinos, suínos, caprinos, ovinos, diversos animais silvestres e até camelos.

É causada por um vírus do gênero vesiculovirus, da família Rhabdoviridae, e apresenta uma sitomatologia semelhante à da febre aftosa, daí a grande preocupação que causa até que seja confirmada por meios científicos. Segundo ainda técnicos da área, não será preciso abater os animais doentes, basta isolá-los, pois a doença tem ciclo curto: surge e depois some, não voltando mais a se manifestar no gado.


Quimica e Saúde
Extende a Formação de Saúde.




Fonte:
Sader Calil - Jornal O Goianão
sadercalil@uol.com.br
(062)3511-2076
Curso Superior em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás
Jornalista reconhecido regionalmente por seu trabalho executado em Inhumas e região através do Jornal Goianão.
Sr. Sader é também professor aposentado da rede pública de ensino.

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

Lucas
08/02/2008 14:43

...

Minha primeira noção de razão Devia ter lá meus 5, 6 anos de vida. Estava no quintal de minha avó, sozinho, brincando em um canto. Sempre houve muitas plantas por lá, por ser um lugar muito arborizado e humido, junto conosco era também o habitat de muitos outros bichos. Desde os mais belos passaros até os mais nojentos insetos. Até que eu me dava bem com os outros animais, gostava de observa-los. Porem, naquela tarde, algo dividiu minha linha de pensamento. Assim como Jesus dividiu os anos, assim como o capitalismo divide a historia. Uma aranha, enorme, negra, com ferocidade em seus infinitos olhos, avançou em cima de uma inocente formiga, coitada, tão pequena, tão indefesa, já logo vi que não teria chance. Meu instinto de justiça já logo me impulsionou, vou salvar a formiga!. Antes que tivesse chance me veio o pensamento, mas, se salvar a formiga, a aranha morre de fome, e não é certo deixar a aranha morrer de fome, bom, pelo menos foi isto que entendi domingo na igreja... Virei as costas, um pouco amargo, triste por aquilo ser tão triste assim, mas sabia que nada podia fazer, nem deveria. Hoje, continuo deixando as aranhas comerem suas formigas, não vou mais a igreja mas também nao esqueci alguns ensinamentos. Principalmente de que quem se preocupa muito com a moral acaba esquecendo o que é ética. Por fim, falo, quanta besteira!