Publicado em 14/06/2013 14:03

Fernanda Ara˙jo Comemora Mais Uma Vitˇria no MMA

Com garra, determinação e muita dedicação, a atleta goiana vence mais uma luta, em Connecticut.

A Câmara Municipal de Inhumas tem o prazer de parabenizar a atleta Fernanda Araújo por mais uma vitória no MMA, confira a matéria de Paulo Pinto para Revista Budô : New London (EUA) - A lutadora faixa preta de judô e karatê-dô Fernanda Araújo, venceu seu segundo combate no MMA. Com mais esta vitória a atleta goiana radicada nos Estados Unidos sobe mais um degrau e foca maiores objetivos.  O evento aconteceu na Mohegan Sun Cassino Arena, de New London, em Connecticut, e teve a assistência de 7.000 expectadores. O programa contou com doze combates sendo 11 masculinos e um feminino.  Em combate de três rounds, Fernanda Araújo enfrentou a russa radicada nos Estados Unidos, Dasha Hamilton, atleta com formação fundamentada no boxe.  Vitória contundente. No octógono a determinação e a experiência da brasileira falaram mais alto, e já no primeiro round a russa sentiu a diversidade de golpes de sua oponente, que na contagem de pontos venceu por 30 a 27.   Mais solta e confiante, no segundo round Fernanda jogou de uchi-mata e abusou de seu kiako-zuki fulminante que fez o nariz de sua oponente sangrar. O sangramento e escoriações fizeram com que o árbitro interrompesse a luta para que a lutadora russa fosse avaliada pela junta médica. O resultado final deste assalto deu outra vitória parcial da brasileira que venceu por 29 a 27.  No último round Dasha Hamilton tentou reverter o quadro, mas a impetuosidade de sua oponente e o abatimento pelos golpes sofridos falaram mais alto e resfriaram rapidamente sua reação. Após castigar ainda mais sua adversária Fernanda Araújo venceu por 30 a 27, e vibrou muito com a segunda conquista no octógono.   Após a vibração e toda a comemoração Fernanda avaliou positivamente o combate. “Lutei contra uma adversária muito difícil e especialista em boxe. Seu técnico é o Joe Lauzon, experiente e famoso lutador do UFC. Consegui aplicar um uchi-mata, minha especialidade no judô, e joguei para o chão, mas de forma estratégica preferi não levar a luta para o solo por entender que naquele momento a vitória estaria garantida e não necessitava me expor e colocar a vitória em risco”.  Fernanda ainda falou sobre seu cartel no MMA. “Das quatro lutas realizadas no MMA, esta foi a mais difícil. Mesmo conseguindo encaixar os golpes no rosto, ela absorvia e resistia bravamente. Tanto que o juiz paralisou a luta e solicitou que a junta médica avaliasse se ela teria condições de continuar lutando. O público chegou a vaiar porque todos querem ver luta, mas ela voltou e lutou até o final.”  A lutadora goiana finalizou falando sobre seu futuro no MMA. “Treinei muito para esta luta, e para tanto contei com o apoio de minha equipe técnica formada por Richie Kalaydjian, meu preparador físico e Rick Alford, meu técnico de MMA. Eles desenvolveram todo um trabalho em busca desta vitória. Sabemos que tenho ainda muito que aprender e evoluir para conquistar minha vaga no UFC, mas juntos atingiremos nossos objetivos”.

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)