Publicado em 13/07/2007 10:38

Flagrantes da mídia na visão de Sader Calil

Confira a seção flagrantes da mídia na visão de Sader Calil do jornal O Goianão

FONTE DE ENERGIA

Conforme explica especialistas, aquela preguiça ao acordar não é somente culpa de uma noite agitada. Enquanto dorme, o corpo precisa manter a respiração e outras funções vitais. Em oito horas de sono, esse trabalho consome cerca de 500 calorias e provoca a diminuição dos níveis de glicose, principal fonte de energia para o cérebro e os músculos. Resultado: a sensação de cansaço e as dificuldades de concentração poderão perdurar o dia inteiro.

VÃO  MORRER?

O presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia, pronunciou, na visita a Goiânia, a morte dos programas de incentivos fiscais. O jornalista goiano Hélio Rocha  alerta  que os Estados, como Goiás, que se valem desse mecanismo para a promoção do desenvolvimento econômico, principalmente industrial, precisam se unir, se mobilizar e responder assim: os incentivos fiscais vão morrer? Vivam os incentivos fiscais!

HORÓSCOPO

Câncer - (21/6 a 21/7). O entusiasmo toma conta de você e ativa seus planos. Na carreira e nas finanças, tudo vai de vento em popa. É importante seguir sua intuição, principalmente no setor afetivo, que requer mais sua atenção neste momento.

AGRESSÕES  SOFRIDAS

O promotor de Justiça, Marcelo Celestino, observa que os idosos sofrem várias formas de violência, sendo assustadoramente mais expresssivos os casos de agressões sofridas nos próprios lares. Essas conclusões exigem providências urgentes, tanto do poder público quanto da sociedade. Ele entende que existem várias formas para atacar o problema, mas todas com uma única estratégica: a conscientização da população. Marcelo Celestino é coordenador do centro de apoio Operacional da Saúde, Idosos, Portadores de Necessidades Especiais e Defesa do Cidadão do Ministério Público Estadual.

JORNAIS  DO  FUTURO

A  grande imprensa destaca que, com quase 400 anos, o jornal impresso é um exemplo de sobrevivência em um mundo cercado de inovações tecnológicas. É bem verdade que vem perdendo espaço, mas não perdeu seu poder de encantamento apesar da TV, do rádio e da internet. Adultos e crianças de todas as faixas escolares ainda se encantam com a arte de fazer jornal. Cabe aos apaixonados pelo jornalismo impresso encontrar uma saída para a permanência dos jornais do futuro. Sobre o assunto, o Jornal Goianão lembra  que o construtor inhumense  Athayde Peixoto de Freitas, sempre diz: "O futuro só a Deus pertence".

QUEM DE NÓS É O PRÓXIMO?

O Congresso Nacional está paralisado, com cada parlamentar se peguntando: ""Quem de nós é o próximo?"
Sobretudo depois que Genival Inácio da Silva, o Vavá, irmão do presidente Lula, passou a ser investigado pela Polícia Federal, sob a acusão de atuar como lobista em Brasília, vendendo influência para empresários com base no parentesco ilustre. Uma escuta da Polícia Federal no telefone de sua casa mostrou que Vavá usava o nome do próprio presidente Lula para movimentar-se como lobista nos ministérios. Também conta que Lula, ao saber dos negócios nada republicanos do irmão, chamou-o ao palácio para lhe dar uma bronca.
Até agora, nada indica que Vavá tivesse, de fato, alguma influência nos círculos de poder em Brasília. A impressão até o momento, é que ele mendigava a própria sobrevivência passando-se por mais influente do que de fato é. No entanto, as primeiras denúncias sobre sua atuação como lobista foram publicadas pela revista Veja em 2005,  há quase dois anos. E tratava-se de denúncia contundente, que, já na época, merecia um repúdio mais firme por parte do presidente Lula. Como esse repúdio não veio, Vavá parece ter-se sentido encorajado a continuar posando de lobista, ainda que de fato não o seja.
É assim, de impunidade em impunidade, que se vai constuindo inocências, num verdadeiro paradoxo. Ao tomar-lher o lugar na mídia, o corrupto de hoje inocenta o de ontem e - ao vilipendiar as instituições - lança uma culpa insidiosa sobre o amanhã do País.

ENSINO A DISTÂNCIA

Estudar a distância não é um previlégio dos alunos da atualidade. Muito pelo contrário. Desde meados de 1850, agricultores e pecuaristas europeus já aprendiam a cuidar dos rebanhos e cultivar suas hortas por meio de correspondências.
No Brasil, o ensino a distância surgiu em 1939 quando o imigrante húngaro Nicolas Goldberger  decidu aplicar seu conhecimento em eletrônica para difundir conhecimento. Por meio de apostilas e um pequeno kit enviados por correspondência para a casa de alunos, era possível construir um rádio caseiro. A idéia fez um sucesso tão grande que pouco tempo depois surgiu o Instituto Radiotécnico Monitor, com novos cursos técnicos profissionalizantes. A escola foi a pioneira no Brasil em educação a distância e completa 67 anos em outubro.
Sete anos depois foi a vez do Instituto Universal Brasileiro iniciar as atividades de ensino a distância. Por meio do jngle "Instituto Universal vai até você", a escola também apostou no ensino técnico profissionalizante e mantém até hoje cursos nas mais variadas áreas. (colaboração: professor Luciano Roriz - Educon/Unitins)

ENVERGONHA

A impunidade é responsável pela sucessão de episódios que envergonham o País e instalam esta larga indignação da socieade. As nódoas permanecem, os casos de corrupção continuam a ocorrer, não existe mais um norte determinando a rota da idoneidade e da integridade. Não pode continuar sendo assim. A sociedade reclama e quer um basta.

SORTEIO

No seu segundo aniversário, o Supermercado Big Box Eldorado promoveu dia 24 de junho (domingo) sorteio de prêmios. A dona-de-casa Nair Montanini (Jardim Raio de Sol) foi sorteada com o prêmio maior: um carro zero quilômetro.

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

Welington Rodrigues
26/01/2007 19:04

Importante

Como estamos nos comportante enquanto município diante da competitividade com outros do estado? Para reflexão...