Publicado em 19/03/2007 14:10

Parabéns Inhumas, Parabéns TUDOIN

No último dia 19 Inhumas completou 76 anos de sua emancipação política. E quão feliz estaria o Sr. Félix Rodrigues, se pudesse ver hoje o resultado do investimento de 40$000 (quarenta mil réis) em 1.858, na aquisição do espaço que atualmente se denomina Inhumas. Através deste investimento, iniciou-se o surgimento de uma terra promissora, visionária e com futuro próspero.

No último dia 19 Inhumas completou 76 anos de sua emancipação política. E quão feliz estaria o Sr. Félix Rodrigues, se pudesse ver hoje o resultado do investimento de 40$000 (quarenta mil réis) em 1.858, na aquisição do espaço que atualmente se denomina Inhumas. Através deste investimento, iniciou-se o surgimento de uma terra promissora, visionária e com futuro próspero.

Tudo tem um início


Nesta mesma data, 19 de março, há um ano atrás, foi também lançado um projeto tão visionário quanto aquele pedaço de terra negociado há 149 anos atrás por Félix Rodrigues. Este foi um projeto arquitetado, estudado e nele foram depositados, durante um bom tempo, os sonhos de dois jovens cheios de ousadia e criatividade.

Com o intuito de gerar interatividade, e expandir os horizontes da informação gerada dentro desta cidade para todo o planeta, foi rascunhado, estudado e construído o projeto TUDOIN.

O TUDOIN teve seu primeiro e glorioso passo há cerca de dois anos atrás. A idéia ali nascida, necessitava exclusivamente de um analista de sistemas (Luiz Júnior Fernandes), e de um designer (Beto Lemes), a fim de propiciar o melhor em arquitetura de informação para um projeto com tal envergadura. Eles sabiam que, para a expansão do projeto, não bastaria apenas os seus esforços, mas também a participação em massa de muita gente, para que o mesmo adquirisse amplitude suficiente para alcançar toda a população da cidade.

Inicialmente foi desenvolvido um levantamento de requisitos para a arquitetura da portabilidade deste projeto, visando levantar as principais necessidades de disseminação de informação que Inhumas precisava. Foram estudados os principais pontos que mereciam destaque dentro da cidade, e ali foi posto a prova um design arrojado e inovador, com a intenção de propiciar acessibilidade e, acima de tudo, gerar usabilidade para a informação colhida e agregada. Portabilidade e modularidade também foram pontos críticos para atingir o objetivo de desenvolvimento de uma ferramenta que não se “enferrujasse” com o passar do tempo.

Acrônimo para TUDO INHUMAS, o TUDOIN nasceu de uma idéia simples: a agregação. Agregar conteúdo de cunho institucional sobre a maravilhosa cidade de Inhumas e fazer deste espaço na internet, um local no qual todos que possuem vínculos diretos ou indiretos com esta cidade pudessem sentir-se um pouco mais próximos de um sentimento naturalista que existe dentro de todo inhumense. Chega a ser interessante quando falamos de naturalismo municipal. Quem nunca parou para ler uma notícia sobre Inhumas? Na realidade, todos aqueles que têm vínculos com a cidade sentem a necessidade de manterem-se informados sobre ela.

O principal intuito do TUDOIN é, portanto, reunir informações e integrar Inhumas em um só local. Dentre toda esta estrutura, hoje o número de visitantes da página atinge marcas que ultrapassam as expectativas de seus idealizadores. Há, atualmente, cerca de 1.500 comentários em mais de 350 notícias e artigos publicados com vínculos diretos com Inhumas. Em cerca de 60 eventos registrados o TUDOIN alcança atualmente a incrível marca de mais de 7.000 fotos. E hoje, após um ano de seu lançamento, ultrapassamos a marca de 1.000.000 de visitantes. Neste diapasão, a amplitude de divulgação da cidade de Inhumas rompeu as barreiras geográficas e alcançou mais de 100 países.

O TUDOIN agradece a todos aqueles que acreditaram e acreditam nesta idéia e a todos aqueles que investem também seus sonhos conosco.

Hoje o TUDOIN é um espaço aberto ao público inhumense, um espaço democrático ao qual o visitante tem a liberdade de expressar suas idéias sobre o município. Falar e ser ouvido. Os fundadores do TUDOIN acreditam que esta liberdade faz com que a autonomia intelectual seja propiciada, gerando desenvolvimento para todos os setores.

Beto Lemes e Luiz Júnior agradecem a todas as pessoas e organizações ligadas direta ou indiretamente a realização deste sonho, às pessoas que acreditam no potencial de desenvolvimento que pode ser gerado a nível sócio-econômico e cultural de um projeto com esta envergadura. Obrigado a todos aqueles que acreditam na idéia de expressividade como um fator potencial para o crescimento intelectual.

Parabéns também à cidade de Inhumas, por ter rompido as barreiras do tempo, crescendo, se desenvolvendo, abrigando espaços tão visionários como aquele pequeno de terra adquirido há décadas atrás. A sintonia existente entre todos faz o desenvolvimento acontecer.


Obrigado a Deus pela fertilidade da terra na qual vivemos!


Obrigado a todos e parabéns Inhumas, parabéns TUDOIN!

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

João Paulo Silveira
02/07/2006 14:48

a questão da educação

O texto do Sr Calil tem o mérito de tocar em um assunto delicado e que nos aflinge demasiadamente em nossos dias: a violência. Vale acrescentar que o enfrquecimento das estruturas jurídicas é sitoma de uma sociedade pouco educada, desligada da importância do aprender e da possibilidade de objetivar os saberes. Um povo que não se identifica com o conhecimento será inapto a construir um novo país, enquanto houver desleixo do governo( e é por causa dele que o Brasil não se identifica com o saber) a educação nunca exercerá sua função verdadeira: nos salvar do inferno.