Publicado em 26/08/2010 11:49

Pesquisa ACIEG indica: eleitores goianos estão indecisos!

Pesquisa realizada indica que goianos, inclusive de Inhumas, ainda não escolheram seus novos governantes

Pesquisa da Associação Comercial, Industrial e de Serviços (Acieg) com 415 empreendedores  (comerciantes, industriais e prestadores de serviço)  da região metropolina de Goiânia, incluída Inhumas, verificou que pouco mais da metade dos entrevistados não escolheu o presidente (57,1%) nem o governador 61,47%. Para os demais cargos, a dúvida por quem optar ultrapassa os 70% do empresariado.

“Isso significa que nada está definido para as próximas eleições. Muita coisa pode acontecer até a votação”, afirma o presidente da Acieg, Pedro Bittar. Mas enquanto predomina a indecisão sobre os candidatos, os empresários já têm a certeza do que esperam do próximo governador do Estado. Honestidade é o desejo apontado por 15% deles e empata com a quantidade dos que querem melhoria.

Entende-se por melhoria emergente saúde (26,53%),  educação (25,51) e segurança (19,39%), que também são os itens que devem ser priorizados pelo próximo governador, na opinião dos entrevistados pela Acieg. Entre as expectativas para o próximo governador apontadas na pesquisa, também se destacou responsabilidade, com 8,4% as respostas, comprometimento e trabalho, com 6,6% cada.

 

SEM MEMÓRIA


Na hora de decidir o voto, 60,38% responderam que dão prioridade para o histórico do candidato. Contraditoriamente, a maioria não se lembra em quem votou para governador, deputados estaduais e federais. Entre aqueles que recordam, a insatisfação com o último voto predomina entre quase todos os cargos - 60,38% para governador; 66,04%, senador; 75,47%, deputado federal; e 74,53%, estadual.

Com a divulgação da pesquisa, a Acieg pretende mobilizar a classe para se conscientizar sobre a necessidade e mobilizar funcionários e estimular o debate político dentro da empresa, ressalta Pedro Bittar. Na sondagem, apenas 14,81% disseram que promovem ou vão promover debates sobre as eleições. A pesquisa foi realizada entre os dias 25 de julho e 10 de agosto, e foi autorizada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO). O resultado será apresentado aos candidatos a governador e a senador, além de repassado por e-mail para cerca de 10 mil empresários cadastrados no mailing da e entidade. (Lídia Borges)

Materia originalmente publicada no Jornal O GOIANAO

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)