Publicado em 19/10/2009 12:16

UnU Inhumas debate perspectivas da educação infantil

De 28 a 30 de outubro a UnU Inhumas promove o Encontro de Pedagogia de Inhumas

A Unidade Universitária de Inhumas promove de 28 a 30 de outubro o Encontro de Pedagogia de Inhumas (EPI), com o tema "Trabalho Pedagógico: Novas Perspectivas para a Educação Infantil". O evento contará com palestras, mesa redonda, momento cultural e oficinas que serão ministradas pelas alunas do 3° ano de Pedagogia. 

 

De acordo com a coordenadora do evento e também coordenadora do curso, Cibele Pimenta Tiradentes, um dos pontos altos do Encontro será a discussão sobre "Qual o Plano de Educação para o Desenvolvimento da Educação Infantil", que terá a participação da representante da Secretaria de  Educação de Goiânia, Regina Medeiros, e a secretária de Educação de Inhumas, Sônia Seabra, que farão um comparativo das políticas públicas para essa área dos dois municípios. O debate será mediado por uma representante do governo federal, que também falará sobre as políticas da educação infantil por parte do Executivo federal.
 
O Encontro também discutirá a importância da música para a educação infantil. A musicoterapeuta Edna Aparecida Vieira explicará o estímulo que a música promove no desenvolvimento da criança. Segundo Cibele, essa técnica viabiliza o desenvolvimento mental, facilita o aprendizado, bem como aumenta a sensibilidade das crianças na idade pré-escolar.  "Cientistas alemães desenvolveram um estudo para entender como a música ajuda no desenvolvimento. A conclusão a que eles chegaram é que crianças que ouvem músicas desde a gestação, têm um temperamento mais calmo e que desenvolve o cérebro mais rápido", conta.
 
Outra pesquisa, da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, feita com crianças da pré-escola durante seis meses, descobriu que após esse período, os alunos com aula de piano tiveram um desempenho 34% melhor em testes de raciocínio que aquelas que não tiveram nenhum tipo de treino musical. Segundo os pesquisadores, a música é uma espécie de ensino superior para as crianças. Elas se saem melhor na escola, obtendo normalmente notas maiores nos testes de aptidão escolar, atestam as pesquisas.
 
Os alunos da UnU Inhumas puderam perceber os resultados desses estudos em um trabalho realizado numa creche da cidade. Segundo a coordenadora do curso, quando os alunos chegaram ao local, encontram crianças impacientes e que choravam muito. Mas com a música as crianças se acalmavam. "A música também ajuda na criação de um senso disciplinar e também com o treinamento elas aprendem a trabalhar em conjunto", avalia Cibele.
 
De acordo com Cibele, a importância de discutir esses assuntos é preparar os acadêmicos para a realidade das escolas e creches e também preparar os futuros professores a trabalhar com criatividade no estímulo ao aprendizado das crianças. No caso da música, a coordenadora explica que muitas não têm esse estímulo em casa e com a realização desse trabalho os alunos obtém uma qualidade de vida melhor.

 

Mais informações pelo telefone (62) 3514 1345, no período noturno.

(Marcelo Tavares)

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

Andre Luiz
24/03/2009 12:50

Observação

Olá pessoal do site tudoin venho apenas ressaltar uma observação quanto a edição de abertura desta matéria para a palavra "prosperidade"!
Desde já venho parabenizar pelo grandioso trabalho que vocês vem fazendo em relação a divulgação de nossa cidade!!
Felicidades!!