Publicado em 21/11/2008 17:41

Vacinação anti-rábica

No próximo sábado é o dia da campanha nacional de vacinação. O último caso de raiva canina em Goiás foi registrado em Inhumas

No próximo sábado é o dia da campanha nacional de vacinação. O último caso de raiva canina em Goiás foi registrado em Inhumas


No próximo dia 22 ocorre a Campanha Nacional de Vacinação Anti-Rábica, que será realizada simultaneamente em todos os Estados brasileiros. Goiás terá 6 mil postos fixos e volantes espalhados pelos municípios. A campanha envolverá 20 mil pessoas. De acordo com o responsável pelo Programa de Controle da Raiva da Secretaria da Saúde, Edison Almeida Gomes, em algumas localidades a vacinação já começou.


O Ministério da Saúde disponibilizou para Goiás 1.295.000 doses da vacina, além de R$ 618 mil que são distribuídos proporcionalmente aos municípios, de acordo com o tamanho da população canina de cada localidade. O dinheiro é destinado à campanha de divulgação e também à compra de insumos como seringas e agulhas. No estado, estima-se que exista uma população de 1.123.984 cães e de 109.405 gatos. A meta estabelecida pelo Ministério é de, no mínimo, 80% de cobertura vacinal.


O objetivo do Ministério é o de erradicar a raiva humana, que é letal. Neste ano, foram registrados dois casos no Brasil, sendo um em Pernambuco e outro no Ceará. Em Goiás, o último caso de raiva humana foi registrado em Minaçu, em 2001. Essa foi a primeira vez em Goiás que se ficou tanto tempo sem registro de raiva em seres humanos “A única forma de combater a raiva humana é lutar contra a raiva animal”, alerta Edison Gomes. O último caso de raiva canina no Estado foi notificado em 2002, em Inhumas.

COMENTÁRIOS

Comentar usando as redes sociais

Caixa de comentários TUDOIN


Resposta ao Comentário (Cancelar)

Lista de Comentários

letícia
29/08/2008 09:07

greves todo ano

Sou aluna da rede estadual, e me arrenpedi muito de ter continuado a estudar na minha escola esse ano ,e agora estou presa lá, mas ano que vem vou para uma particular ,não apóio essas greves pra mim chega de tanto sofrer , espero que acabe logo ,e penso nas pessoas sem condições e que estão no último ano como vão prestar vestibular sem saber nada??!!!